Mais peixe nos rios garante fluxo de turistas e boa temporada em 2020

Por Redação/PGMS 04/10/2019 - 10:18 hs
Foto: Saul Schramm

“O dourado está fazendo a festa do nosso turista”, comemora a empresária de turismo Joice Santana, de Corumbá, ao avaliar como “excelente” a atual temporada de pesca, que se finda no dia 5 de novembro – período da piracema –, com o retorno do “rei” do rio à bacia do Rio Paraguai. A moratória à espécie, decretada pelo Estado, é um indicador da importância do pesque-solte na preservação do estoque pesqueiro.

Com a pesca esportiva liberada por mais 30 dias nos rios de Mato Grosso do Sul, barcos-hotéis, pesqueiros e pousadas estão com lotação máxima e o setor tem uma expectativa de manter o fluxo de pescadores para 2020. A nova legislação da pesca amadora, que entra em vigor em 1º de janeiro do próximo ano, estabelecendo a cota zero para as principais espécies, não vai impactar a atividade no Estado. Ao contrário, a adesão do pescador é quase unânime.