Mistério da arara: Ação social

Por Redação/CG Notícias 06/08/2020 - 23:28 hs

O Monumento das Araras atraiu ainda mais olhares quando, no dia 31 de julho, a arara vermelha apareceu pintada de branco. A população, claro  achou estranho.

O mistério foi desvendado: não se trata apenas de uma revitalização e sim, de uma ação social, denominada “Do Mesmo Sangue”, promovida pela Prefeitura Municipal, por meio de sua Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com o Sicredi e com Hemosul, com apoio do Governo do Estado.

O objetivo da ação é incentivar a doação de sangue na Capital já que a pintura do monumento vai depender da colaboração da população. A cada mil bolsas doadas, uma parte da arara será colorida novamente, em cinco etapas.

A pintura da arara de 10 metros de altura estará sob a responsabilidade do artista plástico Cleir, que em 1996 construiu a obra localizada na Praça União, no Bairro Amambaí.

As doações de sangue podem ser realizadas diretamente no Hemosul da Capital, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304 e nas unidades de coleta no estado, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas, Paranaíba e Coxim.

Diante da pandemia de Covid-19, as doações podem ser agendadas, evitando aglomerações. Vale lembrar que o Hemosul toma todas as medidas de segurança para a doação. Mais informações e agendamentos pelo (67) 3312-1516, 1529 ou whatsapp 99298-6316.